Os segredos dos Arautos, Metrópoles: Jornalismo ou perseguição religiosa?

Adoração ao fundador; morte misteriosa, jovem que virou “santa”; Quem é Clá Dias, o líder dos Arautos; O que acontece dentro dos castelos, suspeitas que pairam sobre os Arautos, movimento católico ou seita religiosa?… Subtítulos para uma matéria ou insinuações contra a religião católica?

“Não espalharás noticias falsas, nem darás tua mão ao perverso para levantar um falso testemunho.” (Ex 23:1)

 

Ao analisar minha caixa de e-mail tive um sobressalto: uma matéria no blog de jair munbai me chamou a atenção “METRÓPOLES: PERSEGUIÇÃO RELIGIOSA? ARAUTOS DO EVANGELHO“. Adverte ele sobre mais mentiras e discriminações pela internet. É uma lástima ver calúnia e difamação publicadas como notícia.

O Metrópoles já é conhecido: seu dono, ex-senador Luiz Eduardo Estevão, “foi o primeiro senador cassado da história da República, perdeu o mandato em 2000 e é acusado de ter mentido no Senado ao negar envolvimento no desvio de dinheiro nas obras do Tribunal Regional do Trabalho (TRT) de São Paulo”. (www.tercalivre.com.br)

Quanto às afirmações desse blog de notícias, receber como castigo o ficar horas de joelho ou permanecer dias em completo silêncio; adorar ao fundador; cerimônias de capítulo com 12h de duração! (rsrsrsrs… essa nem fazendo revezamento de encarregados…),  e tantas outras afirmações maliciosas, nocivas e até ridículas são coisas que nunca vi na minha Vida de Arauto em todos meus anos dentro das muralhas deste grupo católico.

Os segredos dos Arautos: o que escondem as muralhas de castelos habitados por grupo católico ultraconservador?

A vida religiosa pregada e praticada pela Igreja Católica.

 

Veja algumas fotos:

Fonte: fotos tiradas do google imagens

 

 

 

Anúncios

4 comentários em “Os segredos dos Arautos, Metrópoles: Jornalismo ou perseguição religiosa?

  1. Até as criancinhas que vão a uma Missa nos Arautos se sentem compelidas a ajoelhar e elevar seus puros corações e seus inocentes pensamentos a Deus. Não raro, pedem às mães: “não quero ir embora”. Ali se encontram pessoas educadíssimas, felizes, de muita oração. É muito, muito fácil de se averiguar e constatar essa belíssima realidade.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s